Nando do Anaia e Mariola são mortos em confronto em SG


O traficante Luis Fernando Rodrigues de Souza, de 29 anos, conhecido como Nando do Anaia, foi morto em confronto com policiais do 7º BPM (São Gonçalo) no início da noite de ontem. O confronto ocorreu na Avenida Rio Camarão, no bairro Laranjal, em São Gonçalo. Outros dois bandidos morreram na ação: Anderson da Cruz Santos, o Mariola, de 31 anos, e um segundo criminoso identificado apenas como Canário. Há ainda dois suspeitos foram presos, também não identificados.

Luis Fernando era apontado pela polícia como o maior ladrão de cargas de São Gonçalo, além de um dos principais praticantes desse tipo de crime em todo Leste Fluminense. Na série de reportagens “O Rio sem entrega”, publicada pelo EXTRA em maio do ano passado, destrinchando os roubos de carga no estado, Nando do Anaia foi citado como um dos alvos prioritários das autoridades de segurança.

Além dos assaltos a caminhões, ele chefiava ainda a venda de drogas no Complexo do Anaia, o que lhe rendeu o apelido, e era um dos responsáveis, dentro da maior facção criminosa do Rio, por comandar invasões a favelas dominadas por quadrilhas rivais. Nos últimos meses, Luis Fernando também estava à frente do tráfico na comunidade Jardim Miriambi, em São Gonçalo.

Já Anderson Santos, segundo fontes da Polícia Civil, também é um criminoso de alta importância, sendo o maior ladrão de caixas eletrônicos com uso de explosivos de todo o estado. Ele também desempenharia o papel de segurança de Thomaz Jhayson Vieira Gomes, o 2N, chefe do tráfico no Complexo do Salgueiro, maior e mais perigoso conjunto de favelas de São Gonçalo atualmente.

Os cinco criminosos estavam em uma Renault Duster de cor verde quando foram abordados por uma viatura do 7º BPM. De acordo com a Polícia Militar, os ocupantes do veículo abriram fogo contra os agentes, que reagiram. Durante o tiroteio, o motorista do carro perdeu o controle e tombou em um riacho que divide a via. Com o bando, foram apreendidas três pistolas.

O Disque-Denúncia (21 2253-1177) oferecia recompensa de R$ 2 mil por informações que levassem à captura de Nando do Anaia. Já a prisão de Anderson valia R$ 1 mil, também via Portal dos Procurados.

Share this post

Sem comentários

Seja o Primeiro a comentar!